Educação Infantil e Ensino Fundamental

Pra Gostar de Ler

Ir à biblioteca, pelo menos uma vez por semana, faz parte da rotina de todas as turmas da escola, do primeiro grupo do Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental. E o “dia da biblioteca” é tão valorizado pelas crianças que quando coincide com um feriado precisamos encaixar num outro horário, tamanha é a expectativa.

O ambiente da biblioteca não tem nada a ver com austeridade (afinal, o contato das crianças com os livros é motivo de alegria): almofadas coloridas sobre um grande tapete, uma mesa com banquetas, fantoches, jogos e muitos e muitos livros, todos ao alcance dos olhos e das mãos. Nas prateleiras, identificadas por fitas adesivas de diferentes cores, encontram-se as melhores obras da literatura infanto-juvenil. Dos clássicos aos contemporâneos, títulos e autores vão se tornando familiares.

Assim como o ambiente, os livros também são tratados sem formalidades. Eles estão disponíveis para serem olhados, tocados, folheados, manuseados e lidos. Qualquer critério pode ser considerado pela criança ao escolher o livro que levará para casa, sejam o formato, as cores, as ilustrações, o autor ou a autora, o título. Depois, é só esperar a professora anotar na ficha e... 
A leitura pode começar ali mesmo ou, enquanto os outros escolhem seus livros, é possível encontrar um cantinho sossegado no pátio. Às vezes tem criança lendo em cima de uma árvore, no balanço ou mesmo no gira-gira e, se o livro for bom, “o mundo pode desabar” sem que a leitura seja interrompida.

Ao retornar, na semana seguinte, as crianças comentam os livros que leram e algumas falam com tanto entusiasmo que despertam em vários colegas o desejo de ler o mesmo livro e, assim, compartilhar daquele prazer, fazer parte daquele mesmo mundo. Foi assim que se instituiu entre elas o hábito de reservar os livros para as semanas seguintes. Há livros eleitos verdadeiros objetos de desejo, que são reservados com várias semanas de antecedência e acabam sendo lidos por toda a turma.

Estas leituras não são pretexto para nenhum trabalho dirigido. A intenção não é cobrar “fichamentos”, resumos ou qualquer outra tarefa. O que pretendemos é que as crianças descubram o inigualável prazer da leitura. O que elas aprendem, acima de tudo, é gostar de ler.

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/4