Educação Infantil e Ensino Fundamental

Uma Escola para a Infância

 

A passagem da Educação Infantil para o Ensino Fundamental tem uma importância significativa, pois marca uma nova etapa na vida da criança. No seu imaginário, estar no primeiro ano pode significar crescimento, amadurecimento, assumir novas responsabilidades, “aprender coisas novas”, estar mais próxima das crianças maiores ou até mesmo do mundo adulto. Mas com todos esses sentimentos, outros também podem aparecer, como a angústia de achar que não se terá mais tempo para brincar, que precisará ficar na sala de aula fazendo “muitas tarefas” e que a aprendizagem se tornará muito difícil. 

Na verdade, tais sentimentos são alimentados pelo que presenciam e ouvem falar no seu próprio meio social, a respeito do universo escolar. São crenças e valores que foram sendo forjados no decorrer da história com base nos modelos educacionais que prevaleceram durante longo tempo (e que ainda podem ser encontrados).

Para que esta passagem seja respeitada e guardada como uma lembrança boa para a criança e abra  caminhos para tantas outras que virão em sua vida acadêmica, profissional e social, é importante que na escola – incluindo pais, professores, alunos e todos os outros profissionais – o brincar seja compreendido no seu sentido amplo, como uma atividade (e por que não uma necessidade) humana e um direito social da criança.  Ao se respeitar a infância, com seu tempo e ritmos específicos, poderemos vislumbrar a possibilidade de transformar a escola em um espaço privilegiado, onde o acesso das novas gerações ao conhecimento acumulado pela humanidade aconteça de forma mais legítima e prazerosa.

 

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7